Publicado por: elielsoares | agosto 1, 2010

Aborto – Suas Consequencias

  Publicado em Blog www.prelielsoares.blogspot.com Tuesday, December 16, 2008

O que é o aborto?
Aborto é a interrupção da gravidez pela morte do feto ou embrião, junto com os anexos ovulares. Pode ser espontâneo ou provocado. O feto expulso com menos de 0,5 kg ou 20 semanas de gestação é considerado abortado.
Aborto espontâneo
O aborto espontâneo também pode ser chamado de aborto involuntário ou “falso parto”. Calcula-se que 25% das gestações terminam em aborto espontâneo, sendo que 3/4 ocorrem nos três primeiros meses de gravidez. A causa do aborto espontâneo no primeiro trimestre, são distúrbios de origem genética.
Em cerca de 70% dos casos, esses embriões são portadores de anomalias cromossômicas incompatíveis com a vida, no qual o ovo primeiro morre e em seguida é expulso. Nos abortos do segundo trimestre, o ovo é expulso devido a causas externas a ele (incontinência do colo uterino, mal formação uterina, insuficiência de desenvolvimento uterino, fibroma, infecções do embrião e de seus anexos).
Aborto provocado
Aborto provocado é a interrupção deliberada da gravidez; pela extração do feto da cavidade uterina. Em função do período gestacional em que é realizado, emprega-se uma das quatro intervenções cirúrgicas seguintes:
A sucção ou aspiração;
A dilatação e curetagem;
A dilatação e expulsão;
Injeção de soluções salinas.
Estima-se que seja realizado anualmente no mundo mais de 40 milhões de abortos, a maioria em condições precárias, com sérios riscos para a saúde da mulher. O método clássico de aborto é o por curetagem uterina e o método moderno por aspiração uterina (método de Karman) só utilizável sem anestesia para gestações de menos de oito semanas de amenorréia (seis semanas de gravidez). Depois desse prazo, até doze semanas de amenorréia, a aspiração deve ser realizada sob anestesia e com um aspirador elétrico.
Aborto no Brasil
No Brasil, o aborto voluntário será permitido quando necessário, para salvar a vida da gestante ou quando a gravidez for resultante de estupro. O aborto, fora esses casos, está sujeito a pena de detenção ou reclusão.
Pesquisa: uma em cada 5 mulheres já fez aborto no Brasil
01 de agosto de 2010 23h55 atualizado às 23h59
 

Um pesquisa feita pela Universidade de Brasília apontou que uma em cada cinco mulheres de 40 anos já fez algum aborto em algum momento da vida no Brasil. De acordo com a antropóloga e professora da Universidade de Brasília Debora Diniz, isso representa 5,3 milhões de mulheres. “Metade delas usou medicamento, nós não sabemos que medicamento é esse; a outra metade precisou ficar internada pra finalizar o aborto”, disse. As informações são do Fantástico.

De acordo com Débora, a pesquisa foi realizada em todas as regiões urbanas do País, nas capitais e grandes cidades. Não foi possível realizar um levantamento nas áreas rurais, porque “não podíamos incluir mulheres analfabetas”, disse. Segundo a antropóloga, as pesquisadoras usavam uma urna secreta para realizar o levantamento. “Elas recebiam uma cédula onde contavam cinco perguntas, e uma delas era, ‘você já fez aborto?'”. Para ela os dados levantados significam “um tremendo impacto na saúde pública brasileira”.

Anúncios

Responses

  1. Olha, continue com o bom trabalho neste blog!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: